quarta-feira, 12 de julho de 2017

Uma cidade em que a energia eólica paga a conta de luz dos moradores...

 
 
A prefeitura da pequena cidade de Muras, na Espanha, financia as contas de luz dos moradores da região que está repleta de parques de energia eólica.

Uma cidade no interior da província de Lugo, na Galícia, financia as contas de eletricidade dos moradores com os impostos cobrados às empresas que exploram os 20 parques eólicos instalados na região. O prefeito da cidade de Muras, Manuel Requeijo, disse que até agora os moradores não eram beneficiados pelos parques que produzem ruído com os moinhos. Os benefícios iam só para as empresas elétricas.

Desde o ano passado, todos os moradores podem apresentar um comprovante de residência para conseguir um abono sobre o consumo doméstico de luz. A prefeitura financia entre 100% e 70% da conta. Para conseguir o financiamento total, que pode chegar a 500 Euros por ano, as famílias devem ter rendas inferiores a 9.500 Euros por ano.

A cidade é um pequeno povoado, em que a maioria dos habitantes têm mais de 65 anos e vive com pensões. A maioria das famílias que solicitaram a ajuda do governo, não pagam a conta, ou pagam apenas 10% dos gastos.

Desde os anos 90, as montanhas da região estão sendo ocupadas pelos parques eólicos, já que ali se detectou fortes ventos. Foram instaladas 381 torres, algumas bastante próximas às residências dos moradores, a apenas 400 metros das casas.

A região sofre com o êxodo rural. A escola, por exemplo, tem apenas dez crianças matriculadas. A Prefeitura busca frear esse abandono, e com a ajuda municipal para as contas elétricas, muitas famílias começam a se interessar por se instalar em Muras.

“Abrimos uma pequena porta, ao menos, para debater sobre outras maneiras de fazer as coisas”, disse o prefeito.

Fonte: economia.elpais.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário