sexta-feira, 14 de julho de 2017

Nova reserva ecológica na USP tem vegetação nativa da Mata Atlântica...





Uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, no dia 21 de junho, determina a preservação permanente da área localizada no Viveiro das Mudas da Rua do Matão, na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”, em São Paulo.

A área tem uma extensão de 10 hectares e é coberta com vegetação nativa da Mata Atlântica. A nova reserva expande ainda mais o percentual de áreas verdes preservadas da universidade – que já dedica mais de 30% de seus 7,6 mil hectares de território para a conservação.

Na mata dessas reservas podem ser encontradas mais de 368 espécies de plantas, dentre arbóreas-arbustivas, herbáceas e outras. Diversas espécies de aves também podem ser vistas na região, além de gambás e saguis.

Dentro das reservas estão trilhas, utilizadas para caminhada com fins de pesquisa e ensino, além de um lago artificial que concentra águas originárias de um afluente do rio Pinheiros.

O anúncio da criação da nova reserva ecológica da Cidade Universitária ocorreu durante a Semana do Meio Ambiente, realizada entre os dias 5 e 9 de junho e marcada por atividades organizadas por diversas unidades da USP.

Aplicativo BioExplorer

Durante a Semana do Meio Ambiente também houve o lançamento oficial do aplicativo BioExplorer, inspirado no jogo Pokemon Go. O aplicativo usa realidade aumentada e nele os participantes capturam e colecionam animais e personagens do folclore brasileiro.

Sua primeira versão conta com quatro animais da Mata Atlântica: o lobo-guará, a capivara, o carcará e a onça-pintada, que aparecem em um raio de 35 metros do jogador.

O projeto foi feito em conjunto com sete unidades da USP: a Escola Politécnica, o Instituto de Biociências, o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, a Escola de Comunicações e Artes, o Parque de Ciência e Tecnologia, o Centro de Práticas Esportivas da USP e a Superintendência de Gestão Ambiental.

As próximas versões do aplicativo contarão com mais animais e personagens folclóricos e, dependendo da recepção do BioExplorer, novos apps do gênero podem ser criados. O aplicativo é gratuito e está disponível para download e atualização nas lojas App Store e Google Play.

Fonte: ecycle.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário