segunda-feira, 1 de maio de 2017

UE, FNP e Iclei assinam Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia...

 

A União Europeia (UE) no Brasil, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e os Governos Locais pela Sustentabilidade (Iclei) assinaram o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, durante o IV Encontro Nacional dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS), em Brasília.

A cerimônia contou com a presença do primeiro-conselheiro da UE no Brasil, Rui Ludovino, do secretário-executivo para América do Sul do Iclei, Rodrigo Perpétuo, do atual presidente da FNP (eleito nesta quarta-feira) e prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e do ex-presidente da FNP, Márcio Lacerda, dentre outras autoridades.

O acordo permite maior colaboração entre cidades em todo o mundo, preenchendo lacunas e construindo conexões, além de aumentar a oferta de financiamento para apoiar e capacitar a administração pública na ação local pelo clima e energia renovável.

Na segunda feira (24/4), a delegação da UE no Brasil, prefeitos, secretários municipais de meio ambiente, embaixadores de países membros da UE e representantes de instituições parceiras reuniram-se, durante coquetel na residência oficial do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, para debater ações sustentáveis no País.

Água, transporte, saúde e mobilidade

Na ocasião, ocorreu a assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia entre a União Europeia, o CB27 e o Governo do Distrito Federal. O chefe do Setor de Cooperação da EU no Brasil, Thierry Dudermel, destacou a importância das parcerias, principalmente entre o Brasil e a EU, e os desafios que o mundo enfrenta. “A União Europeia aplaude a iniciativa e o engajamento dos prefeitos para o desenvolvimento local responsável e sustentável. É importante que cada município melhore seus serviços, como água, transporte, saúde, mobilidade. Esses temas são um grande desafio em qualquer lugar do mundo”, declarou.

Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia – É a maior coalizão de prefeitos e líderes locais do mundo comprometida com a ação climática. As autoridades regionais e subnacionais são responsáveis pela ação climática com as autoridades a nível local.

O lançamento do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia ocorreu seis meses após a Conferência de Paris, na qual as cidades desempenharam um papel crucial na defesa de um acordo internacional ambicioso, e representa uma reação histórica e poderosa dos líderes locais às urgentes mudanças climáticas.

Fonte: saneamentobasico.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário